Encontre Livros em Promoção nos nossos Principais Parceiros

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha Submarino

Como eu Conheci Jane Austen - Fabiana Murray

A história da Fabiana Murray

A Fabi nos contou que o tempo que ela já conhece Austen é mais ou menos o tempo que algumas Janeites tem de idade.. (20 Aninhos)

 Vou deixar ela mesmo contar:

"Conheci Jane Austen através da TV a cabo em 1996, quando Razão e Sensibilidade estreou, não me lembro em qual canal foi, mas eu amei o filme porque sou Marianne total, se meu mundo desaba, vou chorar a casa inteira, hahahahahahaha.
Até meu marido viu o filme e gostou. (Pasmem!!!)"
É Fabiana Eu realmente Pasmei.Rsrsrs...
"E ele diz que eu sou a cara dela. Mas depois disso, naquela época não tinha internet, e vendo aqueles livros baratinhos de bolso na livraria, achei o livro do filme e comprei.
Depois comprei outro da mesma Autora e mais outro, e depois só fui entender mais da Jane quando tive acesso a internet em 2002, quando fiz até um fake no "falecido" Orkut, em uma comunidade para fake de livros.
E adivinhem de quem fiz, Marianne obvio! Usei a Kate (Winslet) e tudo na foto."

Tipo esse ai de baixo. Mas como faz tempo o e Orkut morreu, mando um print parecido do site Yoble, porque não deu pra mostrar o print original do Fake. 

 Pra quem é Geração Pós Orkut como eu e não entendeu, a Fabi explicou:
"A onda Fake no Orkut começou em 2005 e muitas pessoas começaram a fazer fakes, tipo perfis, para gibis, revistas, escritores, e artistas, e havia um mundo enorme de comunidades e fakes, tinham muitos da Lizzie com a Keira Knightley.

Hoje graças a pagina do Facebook, e o site, cada vez que eu vejo uma sério, releio livros ou vejo um filme, sinto em cada heroína da Jane, uma parte de mim. E toda vez que meu marido chega em casa, me pergunta o que vi de Jane, Falo Credooo... Mas eu vi... Hahahaha 


Fabiana disse que ainda não leu Lady Susan.
e eu também não.


Fabiana Obrigada por nos deixar contar sua história.
E vocês ai, já mandaram sua história de como conheceram a Diva?
Mandem nos por Email: amantesdejaneausten@outlook.com.br.
E vejam outras Histórias aqui>>> www






Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


The Curiosity Book of a Curiosity Shop

"Quem jamais poderá imaginar quantas coisas aconteceram, num só dia, aos personagens de uma mesma história? Se as víssemos escritas num livro ou representadas no teatro, nem sequer haveríamos de acreditar; no entanto, a realidade é, algumas vezes, mais cheia de aventuras que fantasia."
Hello everyone! Aqui eu estou novamente e novamente para resenhar para vocês, sim, um autor inglês! hehe Hoje irei resenhar o livro The Old Curiosity Shop (A Galeria do Antiquário) de Charles Dickens.

Esse livro do Charles Dickens (sim, aquele dos fantasmas no Natal! Heheh) foi muito interessante para mim. Primeiro, por que eu gosto muito do autor, de antiquários e de livros antigos; e ele é beem antigo, podem acreditar! 

Como já devem estar advinhando, ele é da blibioteca da minha cidade e possui capa simples, azul e sem desenhos (adorei!). Ele é antiguinho e por isso tem páginas amareladas – 206 páginas amareladas, mais precisamente! - e vocabulário mais antigo, mas nada que atrapalhe a compreensão.Essa edição é de 1961, da Edições Paulinas e está em bom estado, boa diagramação e não é cansativo de ler.
 
Mas agora vamos ao que interessa: a história! Hehe. Neli - ou Nell em algumas versões -  mora na loja do antiguidades em Londres com seu Avô (que não tem o nome revelado) e conta com a ajuda de Kit, mas constantemente, eles se veem sobre a vigilância do maligno Quilp, um anão que emprestava dinheiro ao Avô. Para “cobrar” o que eles lhe deviam, o anão, de forma desonesta se apossa da casa do Antiquário e acaba os expulsando de seu próprio lar. Neli e o Avô passam a correr o mundo para fugir das armadilhas de Quilp até que um misterioso estranho aparece oferecendo ajuda. Será o irmão de Neli ou seu amigo Dick? E por que será que o Avô precisa de tanto dinheiro?

Quando fui pesquisar mais sobre o livro acabei descobrindo que existe um pequeno conto como continuação da história!
 
O livro ganhou 5 estrelas. :)





Curiosidades: Esse livro foi um enorme sucesso na época em que foi lançado, virou filme mudo duas vezes e uma série da BBC nos anos 60 (quando começou Doctor Who! heheh) e quando o navio com o carregamento de livros desembarcou nos Estados Unidos teve gente que invadiu o barco para conseguir o seu exemplar! (Nossa!) . E por último mas não menos importante, em Londres realmente exite uma Loja de Antiguidades com o nome The Old Curiosity Book Shop!

Onde comprar:
Submarino (Não encontrei o livro mas achei esse romance do Charles Dickens bem em conta!)
Livraria Cultura (Muitas versões em inglês)
Livraria da Folha (Um conto de Natal)
Americanas (Oliver Twist)
Saraiva (Um Cântico de Natal)
Fnac (Cântico de Natal / Os Carrilhões)



Espero que tenham gostado e até a próxima!

Como eu Conheci Jane Austen - Évila Santana

A História da Évila Santana



A Évila é Leitora Nata, vejo pelos seus posts nos grupos literários, e ela nos contou sua história de como conheceu a Diva Jane Austen.

Por volta de 2004, Évila assistiu ao filme Palácio das Ilusões. Quê? É isso mesmo, é que o filme Mansfield Park versão de 1999 recebeu esse nomezinho ai em português. Eu Não Gostei! Voltando a Évila, ela não sabia que esse filme era baseado na obra da digníssima Jane Austen. E depois em 2007 ela assistiu o filme Orgulho e Preconceito - Versão 2005. E nos diz que por ter se apaixonado pela história, neste mesmo ano comprou o DVD e através dos extras (que são ótimos, eu assisti), ela descobriu o "mundo Austen" e aos poucos foi descobrindo as suas outras magnificas obras. Ela diz:
"Sendo a minha favorita Orgulho e Preconceito."
Ela acrescenta que a partir desse ano sua coleção foi só aumentando, ela diz que tem 7 livros, chaveiros, marcadores de livros e DVDs de séries e filmes baseados nas obras de Austen, e que falta pouca coisa pra sua coleção ficar completa.

Évila nos disse que na cidade dela são poucas pessoas que ela conhece que gostem de Jane Austen. E que ela tenta sem sucesso fazer, ou melhor, obrigar  as amigas dela a lerem as obras da Jane. E ainda nos fala que tem um sonho de criar um Clube de Leitura sobre Jane Austen. Quem sabe um dia ela consegue.

 Eu te entendo Évila aqui na minha também não conheço ninguém além de minhas irmãs e duas amigas


Évila fez um vídeo, em homenagem ao Bicentenário de Emma, com o elenco que ela gostaria que o filme fosse feito.



Gostaram? Comente ai que vocês acharam do elenco.

E você ai lendo gostou da história? Espero que sim. Compartilha nas redes sociais pelos botões ai em baixo. E nos mande a sua história por Email: amantesdejaneausten@outlook.com.br
Confira outras histórias aqui.

Beijinhos e até a próxima.





Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


Aish! Dorama? K-Drama? J-Drama? C-Drama?

Annyeonghaseyo (Oi em coreano) Ladies!
Estou sumida... mas por bons motivos!
Quem aí curte dramas coreanos, japoneses, ou chineses?
Estou numa fase dessas, assistindo apenas doramas! 
E estou simplesmente amando esses coreanos lindos!  (alguns) E esses olhinhos puxadinhos!
Da uma olhada nesse aqui ?

gong
Esse é o Gong Yoo! Mas não é sobre ele que vou falar hoje. (infelizmente haha) 
Mais pra frente poderemos ter um post falando mais dele! ;) (se vocês quiserem)

As imagens foram encontradas no google, ou tem a descrição na própria foto!

Mas estou aqui pra falar que nem os Asiáticos escaparam de Jane Austen, e numa dessas encontrei um dorama chamado exatamente Pride and Prejudice. Eita mundo Janeitizado!








A imagem promocional :




Ainda não terminei de ver, mas pesquisei, essas são algumas das informações que descobri a respeito,
São 21 episódios.
Se passa dentro do cenário de um sistema jurídico.
Tem romance, crime e mistério, e drama coreano.
Saiu em 2014 e foi dirigido por Kim Jim Min.
Lembrando que nem todos os personagens são equivalentes a algum personagem de Orgulho e Preconceito
Aqui vai alguns dos principais:

Dong-Chi (Choi Jin-Hyuk) 29 anos, e coreano nosso suposto Mr, Darcy




Yeol-Moo (Baek Jin-Hee) 25 anos, e coreana nossa suposta Lizzie






Kang-Soo (Lee Tae-Hwan) acredito que seja o Colonel Fitzwilliam (ainda na dúvida), 20 anos,
mas vocês podem tirar suas próprias conclusões ao assistir.



Pra vocês entenderem melhor como é o circulo na empresa:
Mas pra não estragar o suspense não vou contar mais nenhum detalhe..

dorama

Estou gostando bastante desse Dorama, e se alguém ai curte Doramas vocês podem achar pra assistir Aqui.
O site é pago, se quiserem assistir sem pagar é só fazer um login e senha e ver os anúncios, o que não é um problema muito grande, alguns programas não tem legenda em português, esse por sinal tem... (pra nossa felicidade)... não percam esse drama por que é Badass, então meninas eu vou continuar assistindo agora e vou me indo espero que tenham gostado, bejinhos até a próxima!

 ~ Mrs. Tilney ;)







Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


Como eu conheci Jane Austen - Juliana Domingues

A história da Juliana Domingues


Juliana nos conta que conheceu Jane Austen através da diva... JaneAusten.
Ela diz que em uma das suas visitas a livraria, em busca de uma boa leitura, ela comprou o livro "Perdida" e se apaixonou pela história. Então foi atrás da continuação "Encontrada".  Ela conta que resolveu pesquisar sobre a inspiração da Carina. Descobriu que Carina Rissi é Apaixonada por Austen, e que Austen é a fonte de inspiração dela, Juliana resolveu ir atras dos livros dela.
Ela diz:
"Eu fui atras dos livros dela, e eu também me apaixonei!!!
Juliana agora está lendo "Persuasão", e diz que amou a história, pela delicadeza e domínio próprio da personagem Anne Elliot.

Obrigada Juliana por nos permitir contar sua história.

Gostou da história? Então clica em compartilhar ai em baixo. Vamos divulgar.

Ei e você?? Porque ainda não mandou sua história? Não perca tempo, estamos ansiosas e aguardando. mande pelo Email: amantesdejaneausten@outlook.com.br






Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


Alguém na internet acha que o que você faz é idiota ou ruim ou pouco original? Leia essa resenha!


Hello everyone! Pensaram que eu tinha sumido? heheheh Estava lendo, me organizando e tentando fazer algo legal para vocês! (Ufa!) 



Bem, a resenha de hoje será de um autor britânico mas que mora nos Estados Unidos. Quem será hein? (Dica: o cabelo dele é beem doido!)
Resposta: um dos meus autores preferidos: Neil Gaiman!


Em retrospecto tive uma jornada extraordinária. Não sei se posso chamá-la de carreira, porque uma carreira dá a entender que eu tinha algum tipo de plano de carreira, algo que eu nunca tive. O mais perto que cheguei disso foi uma lista, escrita aos 15 anos, com tudo que eu gostaria de fazer: escrever um romance, um livro infantil, um quadrinho, um filme, gravar um audiolivro, escrever um episódio de Doctor Who... e por aí vai.”

Esse livro é maravilhoso! Conheci Neil Gaiman pelo seu episódio de Doctor Who (pra variar!) “A esposa do doutor” e adorei o que ele escreveu, como escreveu, enfim, todo aquele toque de magia que ele sempre coloca em seus trabalhos. A partir daí passei a pesquisar mais sobre ele e descobri “Os lobos através da parede”, “Coraline”, “Sandman”, outros episódios de Doctor Who e comecei a amar esse inglês! 

 
Bem, O “Erros Fantásticos: O discurso 'Faça boa arte', de Neil Gaiman” é um discurso que ele deu para os graduandos cheios de sonhos e dúvidas de uma faculdade americana, que foi transformado em livro para atingir e inspirar mais gente ( o/ ). 

 
Minha versão é hardcover (tem a capa durinha!) e é da Intrínseca. Lindo, todo coloridinho hehe e bem diagramado pelo designer e escritor Chip Kidd. Possui poucas páginas e pode ser lido em um dia e na capa possui um “relevo especial” que eu adoro! Aiai 

 
Como já disse, o discurso é muito inspirador, não só para quem deseja trabalhar com arte mas para qualquer um que teme o futuro ou simplesmente não sabe o que fazer até lá. Nele, Gaiman nos fala sobre seus sonhos, como passou por essa fase de escolhas até os dias de hoje e como errou e criou trabalhos incríveis durante sua jornada.

Esse livro tirou 1000 estrelas (pode isso, Arnaldo?) 5 estrelas. 

 Onde encontrar:

Livraria da Folha (e-book)
Americanas 
Submarino
Saraiva
Livraria Cultura
Fnac

Espero que tenham gostado! Até mais!

#Emma - Bicentenário

Emma jane austen, livro emmaBicentenário de Emma - Jane Austen


Emma foi publicado pela primeira vez em Dezembro de 1815.
Portanto esse ano ele fará 200 anos.

Jane descreveu Emma assim:
"Emma Woodhouse, bonita, inteligente e rica."
 No entanto Emma é mimada em excesso. Ela dá excessivo valor ao seu poder de persuasão (manipulação), e não nota o quão perigoso isso é. Interferindo na vida alheia e enganando-se sobre a intenções e atitudes dos outros.
Sua mãe faleceu quando ela era muito jovem, e ela começou a cuidar da "casa¹", muito cedo. Devido a isso, em vários aspectos ela mostra-se uma jovem bem madura. Ela afirma constantemente que nunca se casará. E que é incapaz de se apaixonar. Em contraste com isso, maquina casamentos para os ao seu redor constantemente. Ela só se dá conta de sua Paixão, após enfrentar sentimentos de ciumes.


Emma casamenteira, emma woodhouse, emma bicentenário, jane austen



Emma á primeira heroína de Austen, que não tem problemas financeiros, e ela julga ser essa a razão de não precisar casar-se. Ela (não deve ser gente²), não atrai-se romântica ou sexualmente por nenhum homem que conhece. Por exemplo: quando o Mr. Elton se declara para ela, sua sensação é de desgosto ou até de repulsa. E com Frank, aquilo era só o devaneio de poder falar dos outros e ter a aprovação dele.
Depois de anos, na zona da amizade e quando acha que Emma está interessada em Frank Churchill, Mr. Knightley resolve declarar seu amor por ela. Sorte a dele, na mesma época Harriet, confidencia a Emma que esta interessada nele, (Knightley), e Emma dá-se conta de o AMA. Será???

Então, esse post é para levantarmos discussões. a leitora Évila Santana Sugeriu esses tópicos:

  • Quem leu Emma, gostou do enredo ou não?
  •  Quem assistiu os filmes e as Séries a adaptadas da obra, na sua opinião qual é a melhor adaptação e porque? Você sabia da versão indiana: Aisha?
  • Alguma vez já bancou a casamenteira? Deu certo? Se arrepende?
  • Emma por ser rica e nunca ter-se apaixonado, nunca pensou em se casar. no fim das contas casou-se com seu melhor amigo. Você acha que namoro entre amigos pode dar certo? E resultar em casamento?

Então faça seus comentários.
Apoie a discussão.
Encontre aqui outros posts relacionados com Emma, filme e Adaptações.

Nota ¹:casa é a nossa né. Ela morava numa mansão.
Nota ²: Porque quem como ela, conhecendo jovens ricos e interessados todos os dias não se interessaria por ninguém de nenhuma forma? Não pode ser gente? rsrsr




Fonte: Wiki

Como eu conheci Jane Austen - Renata Thomaz

A História da Renata Thomaz

Renata conta que cresceu nos anos 90, e como todas as crianças da época, foi exposta a uma enxurrada de elementos culturais norte americanos. Referencias que ela não entendia, mas por serem tão massificadas ela as guardava. E Ouviu as palavras Orgulho e Preconceito e guardou-as.
Quando tinha 14 anos, ela descobriu que o filme existia ou viria existir. Renata diz:
"Eu enchia tanto o saco da minha mãe, que ela sempre perguntava na locadora sobre o filme, e as pessoas achavam que eu deveria estar inventando o nome do filme ou alguma coisa do tipo."
perguntando na locadora se tem o filme orgulho e preconceito.
Simulação

Renata continua dizendo que enquanto o filme não chegava as suas mãos, ela achou, milagrosamente, um arquivo do livro em um daqueles programas de compartilhamento de arquivos que eram bem comuns no inicio dos anos 2000. (Confissão: Eu não conheço! )
Renata acrescenta ainda:
"É uma verdade Universalmente Conhecida que Jane Austen é Capaz de Ganhar seus Leitores com As Primeiras Linhas de Orgulho e Preconceito."
Meses após o término da leitura, o filme estava nas mãos dela. E esse foi só o primeiro passo que Renata deu "nesse mundo maravilhoso que Jane Austen criou", Renata relembra que esse ano estará completando 10 anos, no minimo, como leitora e expectadora assídua, de tudo que envolve Jane Austen e esse maravilhoso universo fictício.

Obrigada Renata por compartilhar conosco a descoberta desse amor.
Renata não aguentei e tive que fazer essa charge....

Ficamos felizes em redigir cada história, como essa da Renata e todas as outras.

E você ai, já mandou sua história? Estou ansiosa para contá-la aqui. Mande pra gente por e-mail: amantesdejaneausten@outlook.com.br, mande fotos, detalhes e qualquer coisa sobre Jane Austen que desejar compartilhar.
Veja outras histórias aqui : www

Imagens da Charge: Mateus, o balconista.






Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


Topo