Encontre Livros em Promoção nos nossos Principais Parceiros

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha Submarino

Resenha relâmpago - Livro: A garota - Katherine Salles

***

Resenha relâmpago

Livro: A garota (Título original: Chappy - That's All)
Autora: Oliver Sandys
Tradução: Paulo de Freitas
Editora: Companhia Nacional
Ano de publicação no Brasil: década de 20, mas esta reedição data de 1984


Oliver Sandys foi uma autora inglesa nascida em 1886 e falecida em 1964. Seu verdadeiro nome é Marguerite Florence, mas foi como Oliver Sandys que ela publicou 38 romances.
Tenho lido, nas últimas semanas, livros da Coleção Biblioteca das moças, um grande achado literário, esses livros são em sua maioria, de autoras francesas e inglesas, e podem ser achados em sebos por valores bem baixos (pago $6 nos que compro). As leituras anteriores foram igualmente surpreendentes, e é triste que as editoras não lancem outros títulos dessas autoras.
Vamos á Chappy:
Chappy, a protagonista, é um "menino de rua", sim, seu pai a trata e a veste como menino e ainda por cima e usa como cúmplice em seus pequenos delitos. Chappy então é um trombadinha típico, que vive de bater carteira nas ruas de Londres. É em um desses furtos que ela conhece Estevam, um escritor que se compadece dela, pensando ser um menino. Quando o pai de Chappy é preso, ela vai até esse escritor e o pede abrigo. Não preciso dizer que após ele descobrir que o menino é uma moça, na verdade, eles se apaixonam e Estevam a toma como musa para seu próximo livro (ele tem o hábito de escrever romances sobre mulheres e dar o nome delas como título)
Essa premissa é bárbara.
Em seguida entra a vilã em cena, a musa do livro anterior de Estevam que não aceita ser passada para trás, entre outros personagens fortes e pesados. Confesso que não esperava que esse livro tivesse a força que tem. Chappy, quando é descoberta menina, diz, sobre viver sendo do sexo feminino:
"Encerrada o dia todo num quartinho, com cabelos presos por grampos, e á espera da noite, quando o marido volta para surrar os filhos com a fivela de sua cinta e gritar com a mulher porque não lhe guardou nenhuma comida, completamente embriagado e sem um vintém no bolso, porque gastou tudo o que tinha... Ou, se a gente não é casada, aturar esses diabos que vivem a nos arrastar as asas... que andam atrás da gente, quer lhe queiramos ou não, sempre com insinuações imbecis e propósitos baixos, e nos enchem de terror... porque se sabe o quanto um homem é capaz quando está bêbado ou apaixonado."
A temática é atualíssima, e confesso ter ficado bastante chocada com a coragem da autora em expor temas como assédio sexual (Chappy é assediada por um comparsa de seu pai, que a persegue durante o livro) entre outras coisas. A única coisa da qual não gostei, foram de algumas falas da protagonista, mas que creio se justificarem pela época em que se passa a estória, e á própria criação que ela teve nas ruas.
Enfim, um livro que vale a pena ser lido e retirado do subsolo literário onde se encontram várias grandes escritoras.
-Katherine Salles


Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


TCC da Dani - última Parte - CONCLUSÃO



CONCLUSÃO


O presente trabalho serviu para mostrar como Jane Austen foi alguém de tamanho valor. Um ser humano incrível, que através de suas abras conseguiu alcançar a muitos.
Ela não desistiu de escrever, mesmo tendo ouvido alguns nãos no início. Ela persistiu e conseguiu ver algumas das suas obras sendo publicadas. Infelizmente não viveu para ver  os frutos que suas obras trariam. Talvez ela nunca teria imaginado o tamanho do sucesso dos seus romances. Ela só queria fazer o que amava fazer, que era escrever.
Na sua simplicidade tocou muitos e continuará tocando através dos anos.

JANE AUSTEN E OS DIAS ATUAIS - TCC da Dani Carvalho - Parte 6



5 JANE AUSTEN E OS DIAS ATUAIS:


Vivemos dias em que a Internet está em alta. Jane Austen não podia ficar para trás em relação a isso. São inúmeros blogues e páginas do Facebook, que homenageiam esta incrível escritora.  Esse capítulo irá mostrar através de uma entrevista, como Jane Austen continua sendo amada por tantas pessoas, independente da profissão, sexo, idade e nacionalidade.
A entrevista contém sete perguntas, mas a sétima só será feita e respondida por pessoas que criaram alguma página na internet em homenagem a Jane. As seis perguntas serão feitas e respondidas por pessoas que curtem e seguem alguma dessas páginas.
Seguem as perguntas:
1- Como você conheceu as obras de Jane Austen?
2- Qual o seu livro favorito e por quê?
3- Cite um trecho de uma das obras da Jane que você mais gosta:
4- Quem Jane Austen é para você?
5- Qual o personagem que você mais gosta e por quê?
6-Porque você acha que as obras de Jane Austen  conseguem conquistar tantas pessoas?
7- Porque você resolveu criar uma página na Internet em homenagem a ela?

Jane Austen e funk ostentação?

Em tempos de Fanfics e Adaptações, nossas conversas no WhatsApp chegaram a esse ponto: E se Jane Austen fosse adaptado e misturado com Funk....
(emoji com cara de espanto - Vários seguidos!!!!)

Pois é gente eu não curto Funk, mas que a brincadeira foi engraçada eu devo admitir.

Jane Austen Boladona
Michelly sugeriu a coisa toda: Fazer um funk do ostenta Jane e ganhar milhões.
Amanda Deu nome ao grupo:  DJ Ig e as Janeites.
Emanuela observou:  Jane Boladona
Lary exclamou: Jesus!

Nesse ponto eu pensei comigo Jane deve estar remoendo-se no túmulo!!!



Amanda novamente com a palavra sugeriu como deveriam se vestir as dançarinas: Vamos nos apresentar com laços de fita na cabeça, vestido vintage até os pés, e jogar livros pro público.
(emoji de palmas - vários seguidos)

E o nome do primeiro Album surgiu de Emanuella: Album: Crítica a sociedade
Músicas:
  1. Caroline teu recalque bate e volta
  2. Solteira sim, Sr Collins não! (....kkkk) Seguidos de vários pedidos de SOCORRO em CapsLock ativado!!!
  3. Dói, uma recusa não dói.
  4. Willoughby vc rejeitou, agora baba baby (AWESOME.......)       Nesse ponto os pedidos faça uma musica para Lady Catherine e para Lídia, um pro Wickham choveram...
  5.  Glamourosa, rainha de Rosings
  6. Cansei de ser trouxa, agora vou pra cima (Anne)
  7. Quem é o gostosão da Milicia? Sou eu, sou eu, sou eu
  8. Wickham só pensa em beijar
  9. A Lizzie não me quer só porque eu vim da roça.  Pediram para para.... Mas NÃO, PEDIU AGORA AGUENTA!!!
  10.  Eu sou a Novinha, vem ni mim..... (Lidía... Off Course, né?)
  11. Agora eu to solteira e o Darcy eu vou pegar (Caroline)
  12. Joga, Joga o lenço que eu to passando, joga. (Wickham).  A essa altura já tínhamos combinado que isso tinha que sair no blog... outras pessoas precisavam ver isso.... Estávamos desidratados de tanto rir e chorar... Como é que diz? Rindo Litros!!!
Saiu um Versinho:
Tira tchoron tira tchoron ou ah ou ha Tira tchoron tira tchoron ou ah Na...
Lizzie abandonada, em terras novas, sem com o Wickham conversar...
Ele em Merryton, jogando charme, tentando a irmã conquistar ...
Pra Lizzie já chega, Ela ta preocupada, talvez o Darcy vá chegar

E nomes para outros discos foram brotando dessas mentes (IN)sanas:
  1.    Amor em Pemberley -Orgulho e Preconceito - vol. 1
  2. Somos garotas pobres - Orgulho e Preconceito - vol. 2


Michelly Mandou a real para Lady Burgh:  " Aí Lady Kath, esse funk e pra você, se não gosta de mim deita na Br...não tenho culpa se o Mr. Darcy tá afim de mim..."
    Depois dessa fiquei inpirada e mandei uma pro Willoughby:
Baba baby baba, você não aguentou, ficou de caô, Mr. Brandom veio e levou. .....

    Lady Charlotte and Mr. Philip ¤ Capítulo 8

    ***

    Leia Os Capítulos 7 parte 2, 7 parte 165, 4, 3, 2, 1

    A véspera do Piquenique

    No dia seguinte, Seth e George acordaram cedo.
    - George meu amigo, teve boa noite de sono? Conseguiste dormir? Perguntou Seth.

    - Ora, Seth tive a melhor da noites. Depois de dançar com a senhorita Anny,  só espero que ela tenha gostado mais de dançar comigo do que com aquele tal de  Tyler ou Tilney, sei lá o que. Disse George Preocupado.

    - Ah, e que história aquela de te apresentar a senhorita Anny? O que houve? Perguntou intrigado.

    George lhe contou tudo o que Anny lhe dissera e pediu o mesmo que tivesse discrição. Afinal se ela queria continuar conhecendo-o valia o risco. E era um risco que ele estava disposto a correr. Pois tinha certeza de que Anny tinha tudo o que ela buscava em uma mulher.

    - Pois bem George farei como quiser. E fico feliz por ti meu amigo. Quem dera eu tivesse essa sorte. Disse Seth confusamente.

    George ficou encarando Seth até que ele se intrigou e perguntou:
    - Por que está me olhando com essa cara, George?

    - Meu amigo, eu entendo que você teve um trauma no passado e não tinha a intenção de se envolver com alguém novamente, mas pare de ser tolo! Aconteceu!

    JANE, SUAS OBRAS E ADAPTAÇÕES - TCC da Dani Carvalho - Parte 5



    4 JANE, SUAS OBRAS E ADAPTAÇÕES


     Sabemos que a sociedade evolui, muita coisa mudou desde os tempos de Jane, mas uma coisa é certa, suas histórias continuam fazendo sucesso, inspirando pessoas, e continuam ganhando inúmeras adaptações, tanto para o cinema, quanto pra musicais e até mesmo para outros livros. Essas adaptações só comprovam mais uma vez que as obras de Jane são atemporais, e que essa grande escritora continua sendo ícone de referência para muitos nos dias de hoje. Ela deixou sua identidade em cada trabalho.
    Jane Austen possui seis romances publicados: Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade, Mansfield Park, Emma, Persuasão e Abadia de Northanger.
    Os romance Persuasão e A Abadia de Northanger, foram publicados após a morte da autora. Vamos entender um pouco melhor cada um desses romances antes de continuar a falar sobre as adaptações:
    1- Orgulho e Preconceito: É considerado o romance mais popular de Jane Austen. Em inglês o título original é Pride and Prejudice. Foi publicado em 1813.

    JANE AUSTEN E SUA PERSONALIDADE - TCC da Dani Carvalho - Parte 4




    3 JANE AUSTEN E SUA PERSONALIDADE


    Jane possuía um grande senso de humor. Ela era irônica.  Conseguia retratar sua sociedade de uma forma única. Suas obras não eram vulgares. Sua situação e ambiente em que vivia serviram de contexto para todas as suas obras. Todos conseguiam ler suas obras, tanto as classes baixas quanto as altas. O único retrato que conhecemos de Jane Austen foi feito por sua irmã Cassandra, e este retrato se encontra na Galeria Nacional de Arte em Londres. Jane Austen amava dançar. Segundo seu sobrinho, James Edward Austen - Leigh, Jane Austen era alta, esbelta e atraente. Tinha passos firmes e leves. Era uma pessoa animada.

    Uma resenha de Natal e a volta da Rainha do Crime!

    "- Época de Natal. Paz e boa vontade... e todo esse tipo de coisa. Boa vontade em todos os lugares.
    Hercule Poirot recostou-se na cadeira. Juntou as pontas dos dedos. Estudou seu anfitrião pensativamente.
    - Você pensa, então - murmurou -, que o Natal é uma época pouco propícia ao crime?
    - Exatamente.
    - Por quê?
    - Por quê? - Johnson ficou um pouco desnorteado. - Bem, como acabei de dizer... época de comemorações e tudo o mais!
    Hercule Poirot murmurou:
    - Ah, os britânicos... são tão sentimentais!"

    O natal de Poirot 

    Hello everyone! Ia postar por aqui aquela continuação do Chá das Cinco que fiquei devendo mas... hehehe I shan't it is Christmas! Resolvi fazer uma resenha! Mas não uma qualquer, uma resenha de Natal! 

    JANE AUSTEN E SEU CONTEXTO HISTÓRICO - TCC da Dani Carvalho - Parte 3






    2 JANE AUSTEN E SEU CONTEXTO HISTÓRICO

    Jane Austen se tornou um dos maiores nomes da literatura inglesa.  Neste ano de 2015, se comemora 240 anos do seu nascimento. Alguns a consideram a tataravó da comédia romântica. Ela viveu na era chamada Georgiana (1714-1830), consequentemente os britânicos desse período são chamados Georgianos. A sociedade inglesa naquela época era marcada de guerras Napoleônicas. Também houve a revolução industrial e econômica. Essa época também é considerada o auge do Romantismo.

    Resultado do Sorteio do Jane Austen Day - 1° ano - Recebimento dos Prêmios

    Hello Guys and Girls.
    Que rufem os tambores

    Rsrsrsrs

    O Aplicativo do Rafflecopter teve uns probleminhas com a visualização, então colocaremos aqui os vencedores!!!

    1 - Eduarda Graciano -
     Um Exemplar do Livro: 45 dias na Europa com Sr. Darcy
    Será enviado pelo Blog e Página Hot Rio Chick

    2 - Cibele dos Santos -
    Um exemplar de Emma Lançamento da LePM saído da gráfica
     Será enviado pela LePM Editora

    1 JANE AUSTEN E FAMÍLIA - TCC da Dani - Parte 2



    ***

    1 JANE AUSTEN E FAMÍLIA



    “Que estranhas criaturas somos!”
    CARTA A FANNY KNIGHT, DE 18 DE NOVEMBRO DE 1814
    (extraído do livro: Jane Austen uma Vida Revelada- página 149-capítulo 7- autora: Catherine Reef )
    Em 16 de Dezembro de 1775, em Hampshire, Inglaterra, nascia uma das mais importantes escritoras da língua inglesa: Jane Austen.
    Seu pai era um reverendo chamado George Austen e sua mãe se chamava Cassandra Leigh Austen. O casal Austen tiveram sete filhos: James, o mais velho; Edward, Henry, Cassandra, nossa querida e amada Jane, Francis e George, que sofria de epilepsia, surdez e também dificuldade de aprendizagem.
    O reverendo George Austen dava aulas particulares, ele era um tipo de tutor, e também escrevia sermões que eram ministrados aos moradores de Steventon. Ele também era administrador de uma fazenda chamada Cheesedown. Com o dinheiro das aulas e com a venda dos produtos da fazendo, ele conseguia sustentar sua família. Um de seus filhos chegou a declarar que seu pai possuía um gosto muito sofisticado em todos os tipos de literatura.
    A mãe de Jane cuidava de seus filhos, cozinhava, lavava roupa, enfim, fazia tudo o que uma mulher dentro de seu contexto histórico fazia. Mas ela também possui outras habilidades, como um raciocínio rápido, escrevia poemas, e tocava piano.

    TCC - Daniele Carvalho - Parte 1

    ***

     SUMÁRIO


    Introdução                                                                                                                     

    1 JANE AUSTEN E FAMÍLIA                                                                                          
    2 JANE AUSTEN E SEU CONTEXTO HISTÓRICO                                                  
    3 JANE AUSTEN E SUA PERSONALIDADE                                                           
    4 JANE, SUAS OBRAS E ADAPTAÇÕES                                                                   
    4.1 ADAPTAÇÕES DOS ROMANCES PARA O CINEMA                                           
    4.2 PARÓDIAS E FILMES INSPIRADOS NOS ROMANCES DE JANE AUSTEN       
    4.3 SÉRIES INSPIRADAS NAS OBRAS DE JANE AUSTEN                                         
    4.4 FILMES QUE MENCIONAM OBRAS DE JANE AUSTEN                                   
    4.5 FILMES BASEADOS NA VIDA DA ESCRITORA                                                    
    4.6 DOCUMENTÁRIOS                                                                                                      
    4.7 LIVROS BASEADOS EM SUAS OBRAS                                                                    
    4.8 TRADUÇÕES PARA O PORTUGUÊS DAS OBRAS DE JANE AUSTEN               
    5 JANE AUSTEN E OS DIAS ATUAIS                                                                            
    CONCLUSÃO                                                                                                                       

    Introdução


    O presente trabalho é sobre a escritora Inglesa Jane Austen. Foi elaborado com o objetivo de mostrar que tanto a vida quanto as obras a escritora Jane Austen, continuam influenciando gerações através dos anos. É mostrar que suas obras são atemporais. Suas obras servem de inspiração para filmes, livros, peças de teatro, seriados de T.V.

    POR QUE JANEITES?



    Por que Janeites

    - Assim como o One Direction tem os directioners e Justin Bieber, os beliebers, Jane Austen tem seu próprio fandom, os janeites. Eles se reúnem para fazer cafés da manhã, bailes de dança e clubes do livro. Mas esta mania não é coisa recente: o ~janeitismo~ teria começado em 1870, quando foi lançado a biografia “Memoir of Jane Austen”. A partir daí, a personalidade da autora, assim como seus personagens e outros elementos de sua vida começaram a ser idolatrados. O termo janeite, no entanto, só surgiu em 1894, cunhado pelo especialista em literatura George Saintsbury, que escreveu o prefácio de uma nova edição de “Orgulho e Preconceito”. Trecho de www




    E aqui alguns posts que já lançamos :


    Jane Austen, Janeites, Lições, O que Aprendi com Jane Austen, Como eu Conheci Jane Austen, Museu da Jane Austen, Jane  Austen Centre, Chá das Cinco, Aniversário de Jane Austen, 240 anos de Jane Austen, A vida de Jane Austen,

    Curiosidades da vida de Jane Austen

    • Você Sabia que Jane viveu algum tempo em internato? E que ela não gostava disso?
    • Jane gostava pouquíssimo das professoras formadas em internatos, mas segundo ela mesma "preferiria isso... a casar-se sem amor".
    •  O senhor Austen tinha muitas estantes cheias de livros, tanto de autores clássicos quanto de autores novos, e gostava de ler em voz alta para os seus filhos.
    Tanto que Austen citou:
    "Se um livro é bem escrito, eu sempre acho muito curto."
    "Garanto que não há nada mais divertido que ler! Tudo cansa, menos um livro! Quando tiver a minha própria casa, não serei feliz até ter uma excelente biblioteca!"

    "A pessoa que não tem prazer lendo um bom romance, seja cavalheiro ou dama, só pode ser intoleravelmente estúpida..."

     
    veja mais dessas Curiosidades na série de Posts
    "SEGREDOS QUE JANE AUSTEN NÃO TE CONTOU"

    Jane Austen e a Terra da Rainha

    • Sabia que Jane Austen ou uma de suas obras, foi citada mais de 5 vezes em Doctor Who?
    • E que existem mais de 5 escritores que amam Jane tanto quanto nós!!!
    • 5 ou mais escritores que Ela amava!
    Veja no CHÁ DAS CINCO - Curiosidades sobra a terra de Jane Austen



    Lições que podemos aprender com Jane Austen

    • Jane vem nos lembrar que vale a pena tentar lutar por aquilo que acreditamos e não apenas se deixar levar pelo que todos dizem ser certo.

    • Jane Austen, viveu e morreu corajosamente solteira, mesmo não sendo rica como Emma. Leia mais sobre como lidar com a Solteirice aqui 
      Mesmo que as chances estejam contra você siga seu coração!

     Veja mais 7 aqui

    • Você sempre encontra desculpas para tocar a pessoa que você gosta. 

    • A qualidade mais importante em um pretendente é o bom caráter. Mais que a beleza e a riqueza. Agora, se o seu pretendente for rico, bonito e tiver bom caráter, você é a segunda mulher mais sortuda da face da Terra. - A primeira é a Elizabeth, claro!

      Veja mais 9 aqui
    • "Seja feliz sem pensar duas vezes. Porque não agarrar a felicidade de uma vez?"
      Anne ( Persuasão) deixou sua oportunidade passar da primeira vez. E se não tivesse uma segunda? Permita-se Ser Feliz.
        

    Veja estes excelentes posts sobre as visitas ao Museu de Jane Austen, de duas colaboradoras aqui do blog:


    E tem muito mais posts sobre jogos inspirados em Jane Austen, roupas, posts de como conhecemos Jane Austen e etc.... fique mais conosco e veja um pouco de tudo.

    Jane Austen, Janeites, Lições, O que Aprendi com Jane Austen, Como eu Conheci Jane Austen, Museu da Jane Austen, Jane  Austen Centre, Chá das Cinco, Aniversário de Jane Austen, 240 anos de Jane Austen, A vida de Jane Austen,



     


    Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


    Uma Tarde na casa de Jane Austen


    A Blogueira do blog +A Fragata Surprise - Histórias de Viagens foi a Inglaterra para realizar um sonho,  o sonho de toda Janeite,



    Trecho:
    "A capacidade de Jane Austen de descrever (e criticar) seu mundo com tanta argúcia e doçura só pode ter sido fruto de um amor profundo. Não há um traço de amargura na narrativa dessa mulher, ainda que a realidade de seu tempo a tenha privado das grandes paixões e aventuras. Constatar a fidelidade de sua narrativa ao universo ao seu redor me deixou comovida e esperançosa: afinal, é bem possível que os finais felizes de seus livros também pudessem ser reais."

    Avise ao motorista do ônibus que você vai descer neste entroncamento, foto de A Fragata Surprise
     Leia o restante aqui:::. http://www.fragatasurprise.com/2013/08/uma-tarde-na-casa-de-jane-austen.html#ixzz3tAIwBKaE

     Ela deu dicas práticas de como chegar, onde comer, que ônibus pegar, onde descer e onde ficar.





    Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


    Topo